quarta-feira, 6 de setembro de 2006

A factura

Tem Vital Moreira toda a razão quanto ao que escreve no
Causa Nossa acerca da destruição perpetrada por Israel no Líbano.
Israel bombardeia o Líbano, arrasa cidades, mata civis e até observadores da ONU. A empreitada bélica somou-se em perdas irremediáveis (de vidas humanas) e em avultosos prejuízos materiais. Assim sendo, porque terão as outras nações de suportar os custos da factura?
Feitas as contas, só se pode concluir que além de bárbara e estúpida, a opção de guerra israelita resulta num claro fracasso: o Hezbollah continua a existir e Israel vai ter de dialogar. Nada faz sentido.
Um fracasso em toda a linha à custa dos outros, como vai sendo hábito.
j.marioteixeira@sapo.pt

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home