segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

A era do balcão

Podemos ver aqui, vivemos mesmo na era do balcão.
Os primeiros a aderir à moda -mas de modo mais garboso recorrendo a estrangeirismos do género "open space" - foram os privados, com relevo para os bancos que passaram a atender os clientes sem qualquer reserva, de modo que hoje os próximos da fila ficam a saber que o empréstimo não está ser pago e porque razões: o cunhado é um sacana, ou que ninguém quer cuidar da velha e por isso o dinheiro não chega, ou que está no desemprego, etc.
Isto em tempos de atendimentos personalizados.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home