quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

MAI

Sempre que o Ministro da Administração Interna fala em segurança, temo. A sua inabilidade para o cargo é evidente, e espelha-se na clara incapacidade de mostrar resultados. Mostra, sim estatísticas e mesmo essas são irreais, porque desde logo parte do pressuposto que se referem à criminalidade total quando se referem apenas à criminalidade participada. A diferença é enorme.
É óbvio que as polícias não estão articuladas. É evidente que a vaga de crimes violentos no Porto são, também, fruto dessa falta de articulação.
Sempre que o Ministro da Administração Interna fala em segurança, temo. Porque abre sempre espaço ao populismo de quem esteve no Governo e nada fez, para agora na oposição tudo reclamar.
A escolha do actual Ministro da Administração Interna começou mal e parece-me que irá cabar pior.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home