quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Estatística [2]

O número de cheques devolvidos por falta de fundos estagnou de 2006 para 2007.
Acontece que aumentou, e de que maneira, os endossos indevidos, ou os cheques anulados por alegada coacção moral, erro na formação da vontade, extravio, e demais expedientes muitas vezes utilizados por vigaristas e caloteiros de modo a não pagarem o que devem.
O que está em causa é a perda de confiança no cheque, ao mesmo tempo que se vai tolerando as vigarices face a tribunais caros e lentos (para não dizer inoperantes).
Todavia a preocupação do Governo está a ser a descriminalização do cheque sem provisão, porque a estatística demonstra que havendo menos crimes há menos processos.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home