quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

O mistério continua

O Governo esmifra os pagamentos (por exemplo: quer mesmo pagar € 6,40 por mês por cada processo confiado a advogado), paga mal e a más horas (por exemplo: há advogados que continuam á espera ao fim de mais de um ano que lhes seja pago o que é devido); mantem o IVA a 21%; a falta de rendimento (por vezes misturada com vaidade e inveja a mais, verdade seja dita) leva ao crescente endividamento dos agregados familiares portugueses; não se descortina nenhum choque tecnológico em lugar algum do nosso tecido empresarial, o poder de compra da generalidade dos portugueses continua a baixar; os bens essenciais sobem bem mais do que as propaladas taxas de inflação, e o investimento público desceu em queda livre.
No entanto o discurso é de que se deve apostar na produção inovadora e de qualidade.
Ora qualidade e inovação custa dinehiro, torna o produto final mais caro. E, assim sendo, é para vender a quem?

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home