quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Que se lixe

Não vai haver referendo à ratificação do Tratado Europeu.
Que se lixem as promessas eleitorais, que se lixe a união dos povos acima da união das nações. Que se lixe.
Mais a mais ninguém ia perceber o que se estava a referendar, o Tratado é muito complexo, e ninguém cuidou, talvez porque nem saiba como, explicá-lo. Que se lixe.
Gastar dinheiro e tempo com referendo, quando se pode ratificar pela via parlamentar?
Trata-se de mais uma convergência da “cooperação estratégica” entre Governo e PR, tudo na paz do Senhor. O resto que se lixe.
Viva a “ética da responsabilidade”, que se lixe a “ética dos compromissos eleitorais”.
Aquilo até se chama Tratado de Lisboa!
j.marioteixeira@gmail.com

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home