segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Obviamente demitam-no

Pior do que as delcarações do Diretor Nacional da PJ, é o apadrinhamento por banda do Ministro da Justiça.
Que ambos sejam muito amigos, é um direito que se lhes assiste. Agora confundir serviço com conhaque é que já é grave: o actual Directo Nacional da PJ não pode continuar em exercício, a não ser que se aceite de ânimo leve declarações graves e irresponsáveis com consequências, inclusivé, diplomáticas.
Ainda para mais vem o Director-adjunto, Baltasar Pinto, dizer que somos todos néscios, porque ningém soube interpretar as palavras de Alípio Ribeiro uma vez que terá havido "um mal-entendido" que ainda será esclarecido a devido tempo...
Numa governação social-democrata há muito que se estaria a pedir "cabeças"...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home