terça-feira, 1 de abril de 2008

"Americanization", o outro lado do Simplex

Está em curso um processo de "americanização" do país, com o crescente poder da banca e actividade seguradora (que se fundem e confundem) com os seus postos avançados sob a forma gigantescas sociedades de advogados.
O processo de aniquilação do notariado foi só o primeiro passo: primeiro os notários foram empurrados para a actividade privada assumindo os respectivos custos e riscos, para depois tirarem-lhes competências esvaziando as suas funções e, assim, as suas receitas.
Algo parecido se prepara em relação, por exemplo, às Conservatórias do Registo Predial, cujo fim se aproxima.
A via é simples: tudo é feito on-line com riscos cobertos por apólices de seguro.
Alguém duvida acerca de quem serão futuramente, os "senhores do negócio"?

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home