quarta-feira, 14 de maio de 2008

MPLA

Não concordo com o que Vital Moreira escreve acerca de Angola e do MPLA.
Ainda hoje olhar-se para o MPLA com os olhos da nostalgia do passado revolucionário, de um movimento de libertação, é um exercício de apreciável mas incongruente romantismo: a realidade nua e crua é que os ideais do MPLA dissolveram-se em classes empresariais e políticas privilegiadas, reféns da corrupção e do clientelismo que elas próprias criaram.
Criticar aquilo em que o MPLA se tornou não é ser anti-MPLA, mas sim ter saudades daquilo que o MPLA já foi.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home