segunda-feira, 8 de junho de 2009

Está tudo louco

É curioso como se ainda se fala de "Projecto Europeu" quando se faz campanha com BPN, e ninguém quer saber da Europa, excepto os benefícios que dela advém: os subsídios, essa droga sem a qual o país não vive.
O que queremos da Europa são os milhões. O resto Portugal não quer saber: nem eleitores nem políticos.
Dois terços dos eleitores portugueses não votaram, e ainda há quem deite foguetes.
A boa notícia é que o número de votos em branco quase duplicou. Significa que há cada vez mais gente disposta a dizer aos partidos políticos que não prestam, expressando isso através do exercício de um direito que muito custou a conquistar.
Quanto ao resto, uns preocupam-se com as engenharias de eleitorado, para fazer ensaios para o embate das legislativas e avaliar lideranças. E outros andam preocupados é se vem dinheiro de lá de fora ou não, seja para distribuir de acordo com conveniências, seja para gastar conforme as ganâncias.

Nota: já agora, mesmo para aqueles que não querem saber dessa coisa chamada "Projecto Europeu", avisa-se que está em curso o processo de candidaturas a estágios remunerados na Comissão Europeia, que poderá ser consultado aqui.
Também não me lembro de nenhum candidato ter divulgado isto durante a campanha...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home